NOTÍCIAS

Maio Amarelo reforça preocupação com conscientização e segurança dos motociclistas

Cerca de 1,5 milhões de brasileiros utilizam a moto como principal instrumento de trabalho
Publicado em
Imagem1
Para quem trabalha sobre duas rodas atenção e responsabilidade se tornam ainda mais vitais Crédito: Semob – Belém.

Dos 4,4 milhões de trabalhadores do setor de transporte no Brasil, 1,4 milhão são entregadores e motoristas de aplicativos, de acordo com levantamento feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada e divulgado pelo Mova-se – Fórum de Mobilidade. A presença desses profissionais no dia a dia da economia do país reforça a importância da promoção de um ambiente viário mais seguro para todos, como estimula o Movimento Maio Amarelo durante todo esse mês.

 De acordo com informações do Ministério da Saúde, entre os anos de 2011 e 2021, o número de internações relacionadas a sinistros envolvendo motociclistas passou de 3,9 para 6,1% por 10 mil habitantes. Os custos das internações chegaram a R$167 milhões, no período. Apenas em 2020, 90 mil internações de motociclistas devido a lesões de trânsito foram registradas. Outro dado, do Observatório de Saúde e Segurança do Trabalho (SST), mostra que o índice de mortes por acidentes de trabalho sofreu um aumento de 7% em 2022. No total, foram relacionadas 2.538 mortes e 613 mil acidentes no período analisado. Desses, 24.642 correspondem a acidentes com motos. Hoje, no Brasil, cerca de 1,5 milhões de brasileiros utilizam o veículo como o principal instrumento de trabalho. Alguns dos principais riscos a que esses trabalhadores estão expostos englobam colisões com outros veículos, quedas, atropelamentos, além de exposição a fatores como poluição sonora, do ar e vibrações, que podem ser prejudiciais à saúde em longo prazo.

Um trânsito mais seguro para pilotos em nosso país – trabalhadores e condutores a passeio – é uma meta que precisa ser alcançada. Segundo Luiz Gustavo Campos, diretor e especialista em trânsito da Perkons, para minimizar os danos decorrentes de um sinistro de moto, o uso dos itens de segurança é essencial, em especial o capacete. “Motociclistas estão mais expostos, são mais frágeis. Atenção e responsabilidade ao conduzir se tornam ainda mais vitais. É essencial todos terem compreensão de seu papel no trânsito, para preservar sua própria integridade e a dos demais”, enfatiza.

Para conscientizar sobre a importância da segurança no trabalho para quem atua no trânsito, como motoristas e condutores profissionais, a Fundacentro lançou, neste Maio Amarelo, o aplicativo SST Fácil, que traz conteúdos para profissionais como motoboys, caminhoneiros e quem transporta trabalhadores rurais. É possível baixar o aplicativo gratuitamente pelo Google Play e pela Apple Store.

COMPARTILHAR

Veja

também

Lei da Cadeirinha completa 16 anos

Celebrando o aniversário do Código de Trânsito Brasileiro: 26 anos de avanços e transformações

Um alerta para o risco das ultrapassagens indevidas

“Lei Seca” completou 15 anos em 2023

Cinto de segurança: mais de 70 anos ajudando a salvar vidas

Inovações em segurança no trânsito ajudam a evitar sinistros

Dia Mundial em Memória às Vítimas de Trânsito e os perigos do excesso de velocidade

Melhorar sinalização e iluminação das estradas pode salvar vidas

Vias públicas com foco na segurança dos pedestres ajuda a salvar vidas

Semana Nacional de Trânsito reforça que cada escolha é decisiva para salvar vidas

Nascemos do ideal por um transitar seguro e há três décadas nossos valores e pioneirismo nos permitem atuar no mercado de ITS atendendo demandas relativas à segurança viária, fiscalização eletrônica de trânsito, mobilidade urbana e gerenciamento de tráfego.