NOTÍCIAS

Conheça algumas curiosidades sobre os equipamentos Perkons

Publicado em

Você sabia que…

A lombada eletrônica foi inventada a partir de um acidente de trânsito?
A idéia da lombada eletrônica surgiu quando dois executivos da Perkons (empresa paranaense que criou a lombada eletrônica) sofreram um pequeno acidente ao passar por uma lombada física. O acidente aconteceu no início dos anos 90 e os fez pensar que a redução de velocidade tinha que ser provocada de uma forma menos abrupta. Na época, não existia no mundo equipamento similar para a redução de velocidade.

O desvio máximo da velocidade em um equipamento de fiscalização eletrônica é de  5km/h? 
5km/h é a variação máxima permitida pelo Inmetro, que afere anualmente todos os equipamentos de fiscalização eletrônica de velocidade em operação no país. Para que nenhum motorista seja multado indevidamente existe uma tolerância de 7 km/h a partir do limite de velocidade estabelecido para a via.

A medição da velocidade feita pelos equipamentos de fiscalização eletrônica é mais precisa que a do velocímetro?
Isso acontece porque, por questões de segurança, a indústria automobilística calibra o velocímetro para apontar uma velocidade maior que a real. 

Os equipamentos podem fazer imagens de placas traseiras e dianteiras?
Com o aumento do número de motos em circulação, a tecnologia presente nos equipamentos evoluiu e hoje é possível fazer imagens tanto das placas dianteiras quanto das placas traseiras dos veículos infratores.

Os equipamentos flagram os motoristas na contramão?
As lombadas eletrônicas também capturam a imagem de veículo na contramão.  Esta infração, em muitas situações, gera mais riscos que a de velocidade, pois as lombadas são instaladas em locais de grande fluxo de pedestres.

A velocidade é calculada a partir de laços indutivos instalados na pista?
A velocidade dos equipamentos fixos da Perkons é calculada a partir dois laços indutivos instalados na  pista. Os laços detectam a massa metálica dos veículos. Conhecida a distância entre eles e o tempo que o veículo leva para passar pelos dois laços, calcula-se a velocidade pela regra básica da física de distância sobre tempo.

Não é possível adulterar o registro da infração?
Os dados registrados pelos equipamentos são criptografados, o que garante a confiabilidade e integridade de todas as informações captadas. Somente pessoas autorizadas têm acesso aos dados.

Em relação à lombada física, a eletrônica poupa o sistema de freios, suspensão, e contribui para a diminuição da poluição veicular?
Como não existe obstáculo físico, a suspensão do veículo é poupada. O mesmo motivo evita que o veículo quase pare, como acontece ao passar por uma lombada física, o que economiza freio e combustível, e conseqüentemente, polui menos o ambiente ao retomar a velocidade normal.

A Lombada Eletrônica foi considerada uma das 101 inovações brasileiras?
A Lombada Eletrônica da Perkons está entre as inovações destacadas no livro 101 Inovações Brasileiras, lançado em dezembro de 2008, pelo Monitor Group,  empresa global de serviços de assessoria de gestão, em parceria com a revista Exame. O equipamento ganhou destaque por ser uma solução completa para evitar acidentes de trânsito, por ser bem visível e mostrar a velocidade dos veículos que passam por ela.

A maioria dos condutores respeita os limites nos pontos onde há Lombadas Eletrônicas?
Os dados de infração de trânsito captados pelas Lombadas Eletrônicas que a Perkons tem instaladas em todo o país apontam que 99,95% dos motoristas respeitam a velocidade onde os equipamentos estão instalados.

COMPARTILHAR
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print
VEJA TAMBÉM

CTB completa 24 anos com crescimento e envelhecimento da frota nacional

No verão cresce o número de acidentes envolvendo ciclistas

Fugir do local do acidente é crime, mesmo quando não há vítimas

Brasil se mobiliza com ações em homenagem às vítimas de trânsito

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.