NOTÍCIAS

Semana Nacional de trânsito. O que comemorar?

por Benevides Fernandes Neto*

Publicado em

O trânsito brasileiro ceifa anualmente a vida de quase 40 mil pessoas e deixa ferimentos, temporários ou permanentes, em outras 350 mil, de acordo com dados disponibilizados pelo Ministério da Saúde (ano-base 2011). Isso leva a uma estimativa de 18 mortos/ano por grupo de 100 mil habitantes, o que é quase quatro vezes mais do que o número de óbitos em países desenvolvidos. Conforme o Instituto de Pesquisas Econômicas Avançadas (IPEA), apenas no ano de 2005 os acidentes de trânsito causaram um prejuízo de 27,3 bilhões de reais ao país, caso sejam contabilizadas as ocorrências havidas na malha rodoviária e urbana. Argumentos como esses deveriam ser mais do que suficientes para superar alguns paradigmas existentes na sociedade, porém muitos ainda acreditam que isso só acontece com os outros motoristas e nunca com ele. Se levarmos em consideração que o sistema de tráfego é composto pelos veículos, pelas vias e pelos usuários, constata-se facilmente que mais de 90% dos acidentes ocorrem por erro do condutor ou pelo cometimento de infrações de trânsito. É perfeitamente possível mudar esse panorama, desde que se invista adequadamente em educação de trânsito, mobilidade urbana (fluidez de tráfego e transporte coletivo) e aperfeiçoamento da legislação.

Educação de Trânsito

Não existe espaço mais democrático do que uma via pública. Por essa razão, nada melhor do que colaborar para que a convivência entre os usuários das vias públicas seja feita de forma ética e respeitosa. Logicamente que cada ser humano é fruto de diversas interações sociais, econômicas, culturais e históricas, mas isso não deve se tornar um empecilho para que ele não enxergue em outros usuários os mesmos direitos e deveres que lhe são conferidos pela Lei.

Educar pelo exemplo

O trânsito em condições seguras é um direito e responsabilidade de todos, além de obrigação imposta aos órgãos e entidades de trânsito. Conquanto seja garantida a inclusão do tema nos currículos escolares, seja de forma interdisciplinar ou transversal, não existe melhor método de ensino do que o exemplo dos pais. Quando a criança enxerga atitudes positivas e éticas de seus genitores ela internaliza aquele comportamento e o repete de forma inconsciente.

Mobilidade urbana

Muitos acreditam que investir em mobilidade urbana seja unicamente garantir a fluidez do tráfego através de intervenções na malha viária. O conceito, entretanto, vai além dessa ideia, abrangendo o incremento do transporte público (ônibus, trens, metrô etc.), o incentivo ao uso da bicicleta e à construção de ciclovias, além de calçadas confortáveis, niveladas, sem buracos e obstáculos, cujo uso seja adequado às pessoas portadoras de necessidades especiais.

Legislação

É inquestionável que a legislação de trânsito não atenda mais os anseios da sociedade para um trânsito seguro. Desde o ano de 2002 os valores das multas não sofreram qualquer reajuste, o que colabora para o aumento da tolerância dos condutores em relação ao cometimento de infrações. No aspecto penal o panorama é ainda pior, já que poucos motoristas chegam a cumprir pena por delitos de trânsito, devido à aceitação coletiva de que se trata de um fato culposo.

Faça a sua parte:
* Dê bons exemplos ao seu filho. Torne-se, verdadeiramente, o herói que ele tanto sonhou;
* Exercite a cidadania: uma infração de trânsito, por menor que seja, é um desrespeito à legislação e à civilidade;
* Valorize a vida, estar sóbrio, atento e capaz de reagir com a rapidez necessária a cada situação de risco pode significar a diferença entre a vida e a morte de outro ser humano;
* Participe ativamente das decisões políticas sobre a formulação e implantação de projetos educativos nas escolas.

Benevides Fernandes Neto
Tenente PM, Coordenador do Curso Superior Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública do CPI-5, Especialista em Segurança Pública pela PUC/RS

COMPARTILHAR
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print
VEJA TAMBÉM

CTB completa 24 anos com crescimento e envelhecimento da frota nacional

No verão cresce o número de acidentes envolvendo ciclistas

Fugir do local do acidente é crime, mesmo quando não há vítimas

Brasil se mobiliza com ações em homenagem às vítimas de trânsito

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.