NOTÍCIAS

Nunca feche o cruzamento

por Gilmara Branquinho*

Publicado em

Estamos vivendo um tempo onde a tecnologia (cada dia mais avançada) acaba fazendo parte da vida de milhões de pessoas, formando cidadãos cada vez mais apressados. Com essa convivência diária, passamos a nos “acostumar” com a praticidade e rapidez que essa ferramenta nos fornece. Já estamos tão habituados com esse imediatismo, que não temos mais paciência para resolver algo com mais calma e prudência. Ele, que já pode ser considerado o “mal do século” atinge todas as áreas de nossas vidas : se estamos doentes, podemos trazer o medicamento até onde estamos, se precisamos falar sobre algo que não conhecemos, onde quer que estejamos, imediatamente  conseguimos consultar o “google”, enfim, não precisamos mais perder tempo já que temos tanta pressa sempre.
Mas, devemos admitir que toda essa “corrida contra o tempo”, acaba atingindo entre outros campos , um dos mais estressantes hoje em dia: O trânsito. Perceba que quanto mais apressado estiver, mais transtornos serão causados no local. Já imaginou você, em uma avenida bem movimentada às 18h em plena sexta-feira, onde todos querem chegar em casa, e  seu objetivo ainda está a alguns quilômetros dali e sabe que outros usuários tem a mesma necessidade que você.  Só que, você precisa chegar logo, então a pressa bate à frente, no painel do seu veículo…preciso chegar logo… Nesse momento, é bem claro para todos, semáforos ao longo da via. Inclusive cruzamentos de vias secundárias que se cruzam com essa avenida que já se encontra tão sobrecarregada…e aí você pode perceber a impotência da pressa diante da situação. Esse fato, ainda nos leva a observar mais um sentimento comum à grande maioria dos usuários: o individualismo. E assim com o pensamento de cada um por si…acabamos nos prejudicando no final da tabela.
Algumas informações podem ajudar na hora em que perguntamos – e agora, o que fazer para não perder tempo? Ao aproximar-se do semáforo mesmo quando estiver passando a informação regulamentadora de “SIGA” (cor verde) precisamos observar a faixa em que nos encontramos, pois se a mesma já estiver cheia de veículos, devemos esperar antes da linha de retenção da faixa de pedestres que encontra-se à nossa frente, e seguir quando for possível, assim não prejudicamos a circulação dos demais veículos e também dos pedestres que virão atravessar na faixa de travessia a eles destinada.  Neste caso, se ainda insistirmos em seguir, sem encontrar uma vaga apropriada para parar o veículo, estaremos fechando o cruzamento, e assim, ninguém consegue adiantar, todos estarão presos no mesmo local por consequência da pressa.
Como essa atitude causa inúmeros conflitos no trânsito, ela é considerada uma infração  de natureza média, sendo computados quatro pontos na CNH do infrator, segundo o nosso CTB (Código de Trânsito Brasileiro).
Portanto, vamos refletir de que forma realmente perdemos mais tempo nos cruzamentos de vias e procurar mudar nossos hábitos apressados.

SE AVEXE NÃO!”

 

*Gilmara Branquinho
Chefe da Divisão de Educação para o Trânsito
Especialista em Segurança e Educação para o Trânsito

COMPARTILHAR

Veja

também

Pesquisa mostra que 43% dos usuários têm medo de usar transporte público no pós-pandemia

Perkons é uma das melhores empresas para trabalhar

Cidades apostam na Muralha Digital para gestão de trânsito e repressão a crimes

Perkons apresenta primeiro carro 100% elétrico da frota para manutenção dos equipamentos de Curitiba

Perkons e Prefeitura de Curitiba iniciam teste de equipamento que promete identificar condutores barulhentos no trânsito

Juntos salvamos vidas é o tema da Semana Nacional de Trânsito

Lombada eletrônica completa 30 anos e já ajudou a salvar mais de 80 mil vidas

Homens continuam a ser mais imprudentes no trânsito

Perkons, uma das empresas mais inovadoras do país, completa 31 anos

Chuva e neblina podem comprometer a segurança no trânsito

Nascemos do ideal por um transitar seguro e há três décadas nossos valores e pioneirismo nos permitem atuar no mercado de ITS atendendo demandas relativas à segurança viária, fiscalização eletrônica de trânsito, mobilidade urbana e gerenciamento de tráfego.

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.