NOTÍCIAS

Gentileza gera paz no trânsito

NULL
Publicado em

Nosso código de trânsito é moderno e tem tudo para reduzir os alarmantes números do trânsito brasileiro. No período de 2007 a 2009 o número de acidentes em Aracaju superou a marca de 6000 registros/ano. As mortes em Sergipe, só no período 2006 a 2008, segundo o IML, foram 423 em média/ano.
É notório que a legislação por si só não é suficiente para mudar a realidade. Fiscalização e especialmente conscientização é imprescindível para a boa convivência no trânsito.
O conhecimento das regras básicas para pedestres, ciclistas e condutores associado à disposição de respeitar os mais frágeis, valorizar a própria vida e a das outras pessoas é o que complementa o bom convívio e a paz no trânsito.
Praticar gentileza é se colocar no lugar do outro, assim, certamente seremos capazes, por exemplo, de evitar o excesso de buzinas como protesto nos semáforos apenas para incomodar pedestres e outros condutores.
Gentileza sugere ser defensivo mantendo distancia segura dos outros veículos evitando colisões, evento comum nos cruzamentos das cidades. Gentileza é entender que a hierarquia do trânsito exige que sejamos cuidadosos com motociclistas, ciclistas, pedestres e outros atores. Afinal todo esforço vale a pena para diminuir as estatísticas e salvar vidas.
Gentileza é respeitar os limites de velocidade, sobretudo nas rodovias. É fato conhecido que os acidentes mais graves acontecem exatamente nas melhores rodovias. Com os investimentos na qualidade das rodovias sergipanas registrados nos últimos anos também temos visto o crescimento dos acidentes.
Acelerar alem dos limites, dentro ou fora do perímetro urbano, é assumir o risco de matar e morrer. Quando vemos placas e sinalização no solo das vias, precisamos considerar que aquelas determinações decorrem de estudos técnicos e que o risco de acidentes é real. Ignorá-las não é inteligente.
Gentileza é ter clareza que ingerir álcool e dirigir, além de ser crime, expõe o condutor a grandes riscos, alguns acabam por provocar acidentes de grandes proporções ceifando a vida de pessoas inocentes.
Gentileza é respeitar o Código de Trânsito como propósito de paz e para melhorar a qualidade de vida dos moradores do seu estado, da sua cidade, do seu bairro, mas especialmente a sua e a de seus familiares. Pense nisso!

Sydnei Ulisses de Melo
Consultor em relação de consumo e trânsito sydneiulisses@gmail.com  – www.sydnei-ulisses.blogspot.com 

Originalmente publicado no site Plenário

COMPARTILHAR
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print
VEJA TAMBÉM

CTB completa 24 anos com crescimento e envelhecimento da frota nacional

No verão cresce o número de acidentes envolvendo ciclistas

Fugir do local do acidente é crime, mesmo quando não há vítimas

Brasil se mobiliza com ações em homenagem às vítimas de trânsito

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.