NOTÍCIAS

Ainda as motocicletas

NULL
Publicado em

    Nos últimos anos, ocupamos este espaço para de uma forma ou de outra, tecer comentários acerca da crescente utilização de motocicletas em nosso país.
    Como motociclista e fã das duas rodas, sempre imaginei o dia que nosso mercado estaria repleto de modelos, com várias opções de cilindradas e consequentemente, com mais amigos(as) para passear pela cidade e viajar eventualmente.
   As auto-escolas estão cheias, com fila de espera para habilitar condutores, há um número cada vez maior de motocicletas nas vias, assim como nunca se vendeu tantas unidades. O mercado de acessórios, capacetes e vestimentas se expandiu, o que é muito salutar.
    Entretanto, lamentavelmente aquilo que era um sonho tem se tornado um terrível pesadelo, até mesmo para quem como eu observo nas motocicletas características do veículo ideal.
    As ruas e avenidas estão repletas de motociclistas, e poucos são aqueles que adotam uma postura preventiva na condução do veículo. Antes difícil de ser visto nas ruas, acidentes envolvendo motocicleta X motocicleta, estão se tornando cada vez mais corriqueiros, alguns deles com consequencias terríveis para os condutores e passageiros envolvidos.
    Sou defensor da manutenção da circulação de motocicletas entre veículos (o chamado “corredor””) quando o tráfego está lento ou parado, mas abomino atitudes de agressividade como a de premeditar a quebra de retrovisores, e fico apreensivo quando vejo outros motociclistas não reduzirem a marcha quando se aproximam de interseções ou locais dotados de faixa para travessia de pedestres.
&nbsp

COMPARTILHAR

Veja

também

Maio Amarelo reforça preocupação com conscientização e segurança dos motociclistas

Perkons lidera mercado de segurança e gestão no trânsito

Maio Amarelo volta a acontecer nas ruas do país em 2023

Primeira lombada eletrônica do mundo agora está na Escola Pública de Trânsito de Curitiba

Brasileiro encontra um ponto crítico nas estradas a cada 44km 

Mesmo depois de 25 anos de obrigatoriedade, não usar cinto de segurança continua no TOP 5 das infrações de trânsito 

Cresce a paixão dos brasileiros pelas bicicletas

Volta às aulas exige cuidados redobrados com o transporte escolar

Brasileiros intensificam uso de celular ao volante e novo projeto de lei quer aumentar o valor da multa

Pesquisa mostra que 43% dos usuários têm medo de usar transporte público no pós-pandemia

Nascemos do ideal por um transitar seguro e há três décadas nossos valores e pioneirismo nos permitem atuar no mercado de ITS atendendo demandas relativas à segurança viária, fiscalização eletrônica de trânsito, mobilidade urbana e gerenciamento de tráfego.