NOTÍCIAS

A beleza maquiada do consumismo, por Aldinete Alexandre e Caroline Mendes

NULL
Publicado em

    Vivemos no mundo do TER e não do SER. Não estamos preocupados com as vítimas das enchentes em Alagoas e Pernambuco, mas se não encontramos nosso shampoo de marca predileta na prateleira do mercado, somos capazes de arrancar os cabelos por isso.
    A era do consumismo chegou. O consumismo desnecessário, claro! A sociedade narcisista não se contenta com o pouco que possui e sua utilidade. O ego fala mais alto. O egocentrismo está tornando as pessoas reféns da mídia, de suas idéias de família feliz, do modelo de profissional bem sucedido e do corpo perfeito. Os homens querem sempre mais e, é aí, que chega a infelicidade por não conseguir alcançar os avanços da tecnologia.
    Tudo isso acontece, com mais frequência, na relação de consumo de veículos automotores. A sociedade não se contenta em ir e vir com segurança, ela pensa nesse direito fundamental atrelado ao status de ter um carro “do ano“ e quanto mais potente melhor.
    Ter um veículo “daqueles“ é sinônimo de poder e ter sinônimo de poder é se achar melhor que os outros e é a partir daí que surge o espírito de ausência de coletividade que tanto vem fazendo das nossas vias públicas um palco de tristeza.
    Enfim, até que ponto vamos continuar a mercê desse modelo de sociedade imposto e capaz de retirar das pessoas seus ensinamentos de civilidade e ética? Ou será que não se retira ensinamentos da população, visto que elas já crescem no meio do consumismo e tem o entendimento de “quem tem mais e melhor, é o melhor“ desde pequenos?
    Se assim for, quem será a nossa esperança para um futuro mais seguro, civilizado e humano? Com a palavra, a sociedade narcisista!

Aldinete Dantas Alexandre
Técnica em Educação de Trânsito – alda__ale@hotmail.com
Caroline Machado Tavares Mendes
Diretora de Educação de Trânsito – carolmachado21@hotmail.com

COMPARTILHAR

Veja

também

Perkons, uma das empresas mais inovadoras do país, completa 31 anos

Chuva e neblina podem comprometer a segurança no trânsito

Aumento nos combustíveis pode diminuir número de veículos circulando

Crianças e adolescentes por um trânsito mais seguro

Maio Amarelo mostra como cada pessoa pode salvar vidas

Cresce o número de mulheres motoristas profissionais

Tecnologia facilitando a vida dos condutores

Sinalizar corretamente um acidente evita mais vítimas e infrações

Volta às aulas exige cuidados redobrados com o transporte escolar

Cruzamentos ainda são locais com grandes números de acidentes

Nascemos do ideal por um transitar seguro e há três décadas nossos valores e pioneirismo nos permitem atuar no mercado de ITS atendendo demandas relativas à segurança viária, fiscalização eletrônica de trânsito, mobilidade urbana e gerenciamento de tráfego.

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.