NOTÍCIAS

10 erros cometidos por motoristas

Por Jorge Lordello*

Publicado em

Além da casa própria, outro sonho do brasileiro é o automóvel. Em contrapartida, o uso inadequado de veículos tem gerado milhares de mortes, acidentes e desgaste prematuro de peças automotivas. Desta forma, preparei verdadeiro check list ao amigo leitor, apontando os principais erros na condução de carros:
1) Uma das maiores falhas que o motorista pode fazer é deixar a chave de casa juntamente com o molho de chaves do carro. Ao deixar o veículo com manobrista, as chaves, eventualmente, podem ser copiadas, e com a placa do carro será fácil localizar o endereço da vítima e, consequentemente, numa ausência maior da residência haverá risco de acontecer um furto.

2) Não deixe seu pé apoiado no pedal da embreagem com o auto em movimento, pois acelera o desgaste do disco, molas e rolamentos em até 40%.

3) Outro erro inadmissível é dirigir com a mão apoiada sobre a alavanca de marchas. Esse procedimento força o trambulador e seus terminais, que podem desgastar-se excessivamente.

4) Passar com o carro enviesado no quebra molas é atitude errada e pode provocar torção na carroceria e até empenar o monobloco.

5) Pensando em economia, alguns motoristas deixam o carro em ponto morto nas descidas. Nos veículos que têm injeção eletrônica essa prática aumenta o consumo, além de sobrecarregar o sistema de freios, que não poderá contar com o freio motor para auxiliá-lo. O famigerado “ponto morto” já foi responsável por milhares de acidentes no Brasil.

6) Motoristas e passageiros jamais devem colocar o braço para fora do auto, pois é considerado infração de trânsito com direito a multa. O perigo maior é ter o braço arrancado por guidão de moto em alta velocidade.

7) Apoiar o pneu no passeio faz com que ele sofra a pressão do peso do veículo. Isso pode gerar deformação na estrutura, alterar a capacidade de resistência e uniformidade do pneu, além de afetar as condições de balanceamento.

8) Pertences à mostra dentro do carro: deixar bolsas, roupas, celular e até carteiras encima dos bancos ou no console é pedir para ser assaltado.

9) Travar portas do auto pode livrar motorista de assalto. Muitos bandidos que portam objeto cortante mexem nas maçanetas traseiras de carros na hora do rush. Quando percebem que estão destravadas, abrem a porta e realizam o assalto.

10) Não gire o volante com direção hidráulica se o motor estiver desligado; isso pode forçar a tampa do reservatório, causando derramamento de fluído. Mesmo com o motor funcionando, não se deve deixar o volante completamente virado por mais de 15 segundos. Nessa condição, o óleo é bastante aquecido pela bomba da direção hidráulica, o que pode causar danos no sistema e ruídos.

Jorge Lordello*
Especialista em Segurança Pública e Privada e pesquisador Criminal

COMPARTILHAR

Veja

também

Pesquisa mostra que 43% dos usuários têm medo de usar transporte público no pós-pandemia

Perkons é uma das melhores empresas para trabalhar

Cidades apostam na Muralha Digital para gestão de trânsito e repressão a crimes

Perkons apresenta primeiro carro 100% elétrico da frota para manutenção dos equipamentos de Curitiba

Perkons e Prefeitura de Curitiba iniciam teste de equipamento que promete identificar condutores barulhentos no trânsito

Juntos salvamos vidas é o tema da Semana Nacional de Trânsito

Lombada eletrônica completa 30 anos e já ajudou a salvar mais de 80 mil vidas

Homens continuam a ser mais imprudentes no trânsito

Perkons, uma das empresas mais inovadoras do país, completa 31 anos

Chuva e neblina podem comprometer a segurança no trânsito

Nascemos do ideal por um transitar seguro e há três décadas nossos valores e pioneirismo nos permitem atuar no mercado de ITS atendendo demandas relativas à segurança viária, fiscalização eletrônica de trânsito, mobilidade urbana e gerenciamento de tráfego.

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.