NOTÍCIAS

Perkons promove em Lima debate sobre a década pela segurança no trânsito

Presente no III Fórum de Trânsito, o instituto argentino ISEV defende a institucionalização da segurança do trânsito como primeiro passo para diminuir os acidentes de trânsito.

Publicado em
Perkons promove em Lima debate sobre a década pela segurança no trânsito

Entidades públicas e privadas, especialistas e estudiosos na área de trânsito e transportes do Peru se reunirão no dia 30 de novembro para pensar o futuro do trânsito no país na terceira edição do Fórum “Por um trânsito mais cidadão”, com o tema “Segurança viária: desafios e estratégias para uma nova década”.
Promovido pelo Consorcio Tránsito Ciudadano, que opera sistemas de fiscalização e gestão de trânsito no município de Callao, o evento apresentará o panorama da violência viária sob o prisma da saúde pública e ações que são exemplos para o país.
Callao, cidade porto e aeroportuária na região metropolitana de Lima, é referência no tema, por ter reduzido o número de acidentes de trânsito em 74% de 2006 a 2008 (dados da Polícia Nacional do Peru) com medidas de controle da velocidade, fiscalização por câmeras e ações educativas. Carlos Araujo Lima, conselheiro da fundação peruana Transitemos e diretor da Perkons Andina, empresa líder do consórcio, explica: “Nossa experiência em Callao mostra que soluções integradas de educação, engenharia e supervisão de trânsito podem mudar o cenário da violência viária em nosso país. Inverter a visão que favorece apenas os condutores e mostrar que a prioridade é do pedestre é também um desafio que queremos propor neste fórum”.
Desde que as lombadas eletrônicas foram instaladas no município, houve uma redução progressiva no número de infrações, mesmo com o incremento da frota monitorada. A taxa de infração por fluxo veicular reduziu de 2,4% em 2007 para 0,4% em 2010 (seis vezes menor).

Clique aqui e confira o caso Callao

Institucionalização da segurança viária
Institucionalizar a segurança de trânsito seria confiar a uma instituição especializada os cuidados inerentes à utilização das vias para deslocamentos de pessoas, veículos e bens, o que abrange conhecimento multidisciplinar.
Para debater sobre o assunto, esta terceira edição do Fórum “Por um trânsito mais cidadão”, conta com o Diretor do Instituto de Seguridad Vial (ISEV), Eduardo Bertotti. Ele apresentará a experiência argentina a partir da criação da Agencia Nacional de Segurança Viária e a incorporação da educação de trânsito como formação de valores no Ciclo Formal Educativo Argentino.
Segundo ele, esse processo de institucionalização está apoiado em quatro pilares: a assunção da segurança viária como política de estado; a elaboração, implantação e continuidade de um programa de ação; obtenção de recursos específicos em orçamento nacional; a definição de uma autoridade responsável. 

Serviço
Fórum “Por um trânsito mais cidadão – segurança viária: desafios e estratégias para a nova década”
Realiação: Consórcio Tránsito Ciudadano
Data: 30 de novembro, das 8:00h às 13:30h
Local: Colegio de Ingenieros (Lima)
Informações: foro@ctcallao.com.pe

Expositores: Eduardo Bertotti, Diretor do Instituto de Seguridad Vial (ISEV) na Argentina; General PNP Enrique Medri Gonzales, Presidente do Conselho Nacional de Segurança Viária; Dra. Sonia Escudero Vidal, Coordenadora Nacional da Estratégia Sanitária Nacional de Acidentes de Trânsito; Diego Vargas, técnico do Conselho Nacional de Segurança Viária do Ministério de Transportes e Comunicações; Dr. Joel Collazos, Secretário do Ministério da Saúde (MINSA); Carlos Araujo Lima, Presidente da Comissão de Educação e Segurança no Trânsito da Fundação Transitemos.

COMPARTILHAR
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print
VEJA TAMBÉM

CTB completa 24 anos com crescimento e envelhecimento da frota nacional

No verão cresce o número de acidentes envolvendo ciclistas

Fugir do local do acidente é crime, mesmo quando não há vítimas

Brasil se mobiliza com ações em homenagem às vítimas de trânsito

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.