NOTÍCIAS

Gratuito, online e sem hora marcada. CET-SP inova na educação

NULL
Publicado em
Gratuito, online e sem hora marcada. CET-SP inova na educação

O ensino à distância da Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo começou atendendo àqueles que mais queriam, mas menos tinham tempo para se deslocar e estar em um treinamento presencial: os professores e educadores. Em julho de 2010 foi feito o primeiro curso voltado aos professores do ensino fundamental II e educação de jovens e adultos. Hoje já são oito cursos e 10 mil pessoas capacitadas. Outras 8 mil estão cursando ou na lista de espera. Em 2010, foi o ganhador do prêmio Denatran. Confira mais sobre este projeto na entrevista com a supervisora do Departamento de Ensino à Distância, Josefina Kiefer.


A CET-SP disponibilizou um espaço para os tutores. Ao todo mais de 18mil pessoas já se inscreveram em um dos cursos à distância da empresa. (crédito: CET/SP)

Perkons – como surgiu a ideia de fazer cursos de educação de trânsito à distância?
Josefina Kiefer
A CET tem programas presenciais de educação de trânsito há mais de 30 anos, mas notamos dificuldade para participar e estávamos atendendo a um público pequeno. O professor não tem muito tempo. Em 2009 começamos a estudar essa modalidade à distância: como era feito, o que teríamos que investir para colocar no ar etc. Ao mesmo tempo fizemos uma pesquisa com os professores que revelou que boa parte deles gostaria de participar de uma atividade de educação de trânsito, que achavam interessante, mas não tinha tempo para atividades presenciais. Nós então entramos com o conteúdo e formato desejado e, após licitação, fizemos a parceria com o Senac para fazer a formatação e colocação na plataforma.

PK – Como é a interatividade?
JK –
Os cursos são divididos em turmas de 40 a 45 pessoas. Cada um tem um tutor, que acompanha a turma, recebe dúvidas e as responde, abre os fóruns. Temos um horário e dia da semana no qual ele está disponível por telefone também. Os tutores são educadores do curso presencial que capacitamos para este formato; são especialistas em educação para o trânsito da CET.

PK – E como são estes fóruns?
JK –
Quando uma pessoa faz a inscrição, ela entra em uma espera, formamos as turmas e depois ela recebe o login e senha e data em que o curso vai começar. A pessoa tem por volta de 15 dias corridos para cursar as oito horas de curso. Os de formação para professores têm três semanas. Ela pode fazer quando for melhor: durante a semana, final de semana ou feriado. Dentro dos cursos procuramos abrir um espaço de reflexão: propomos uma pergunta e promovemos um debate com o grupo.  É interessante que serve também para nosso feedback com relação ao conteúdo, entendimento e a ideia de promover um espaço de discussão.

PK – Como está a procura?
JK –
Estamos com mais de 18mil inscrições e 10 mil já realizaram cursos. A maior parte é do estado de São Paulo, mas temos busca de outros estados e até de Portugal, Argentina e Alemanha. O retorno está sendo positivo, estamos atingindo nossos objetivos. Quem participa acaba indicando para outros colegas.

PK -Além de cursos como este, que outras formas podem estimular um comportamento solidário no trânsito?
JK –
Todo trabalho de educação da CET é voltado para construção de cidadania no trânsito com comprometimento mútuo. Acho que isso tinha que ser mais veiculado na mídia, em programas e em propagandas. Precisariam ter um olhar de solidariedade e não de disputa. O que se vê é muita disputa, desleixo, pessoas aparecem bebendo e depois dirigindo. As emissoras de TV têm um alcance muito grande e poderiam contribuir muito, porque milhares assistem novelas propagandas etc. Os fabricantes, enfim, todos têm que fazer sua parte e divulgar menos disputa.

PK – No curso “Família em Trânsito – Cidadania e Qualidade de Vida” vocês querem despertar valores. Como isso?
JK –
A gente sabe que trânsito tem todo um componente de fiscalização e sinalização. Mas o mais importante é despertar pra cidadania, valorizar a vida e saber seus direitos e deveres, de se respeitarem. Queremos construir cidadania, transformar o trânsito em um espaço de circulação seguro onde cada um contribui com a sua parcela de responsabilidade. Este curso foi lançado este ano e um pai pode fazer com o filho ou você chama algum próximo para fazer junto. É uma forma de aprender e compartilhar o conhecimento.

PK – E os planos futuros?
JK –
Para 2012 pretendemos ampliar o atendimento com os cursos que estão no ar e queremos lançar mais dois cursos. Estamos pensando em um de comunicação, para ensinar a trabalhar a mídia com os temas de trânsito e estamos pensando em algo pra ciclista, mas ainda não está certo. Precisamos atender as demandas já existentes e não podemos ter turmas com mais de 50 alunos, justamente por essa nossa preocupação de haver um tutor e atendimento.

Serviço:
– inscrições. Já estão abertas as inscrições para o ano que vem pelo site: http://www.cetsp.com.br/consultas/educacao/ensino-a-distancia.aspx
– alguns cursos possuem vídeos demonstrativos para verificação do conteúdo.
– após a conclusão, o certificado é enviado por e-mail.

COMPARTILHAR
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print
VEJA TAMBÉM

CTB completa 24 anos com crescimento e envelhecimento da frota nacional

No verão cresce o número de acidentes envolvendo ciclistas

Fugir do local do acidente é crime, mesmo quando não há vítimas

Brasil se mobiliza com ações em homenagem às vítimas de trânsito

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.