NOTÍCIAS

Em seis meses, ViaPK detecta mais de onze mil veículos irregulares em MS

Três ViaPK estão operando para o Detran/MS
Publicado em

    De julho a dezembro de 2009 os três veículos ViaPK que operam para o Detran/MS monitoraram 155.649 veículos em 247 operações. Destes, 11.442 estavam com irregularidades como IPVA e licenciamento atrasados. As blitze também ajudaram a recuperar 16 veículos roubados no estado, dez deles em Campo Grande.
    As blitze com ViaPK iniciaram em julho do ano passado, quando a Perkons assinou um contrato de prestação de serviço com o Detran/MS.  O objetivo das operações á aumentar a segurança no estado.
    “O objetivo central nós alcançamos. Nas vias onde há blitz, a velocidade é controlada e os veículos não cometem infrações“, explica o diretor-presidente do Detran/MS, Carlos Henrique dos Santos Pereira.
    Ao todo são quatro veículos que atuam em Campo Grande, Dourados, Três Lagoas e Ponta Porã. As cidades próximas, como Terenos, Brasilândia, Selvíria e Santa Rita do Pardo também estão sendo monitoradas.
    “A presença de veículos fixos nessas quatro cidades não impede que o Detran realize blitz em outras regiões do estado. Nós queremos monitorar todas as cidades e assim reduzir o número de infrações de trânsito em nosso estado“, afirma Santos Pereira.
    A previsão é que este ano, um quinto veículo chegue ao estado para monitorar a região de Corumbá.

COMPARTILHAR
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print
VEJA TAMBÉM

CTB completa 24 anos com crescimento e envelhecimento da frota nacional

No verão cresce o número de acidentes envolvendo ciclistas

Fugir do local do acidente é crime, mesmo quando não há vítimas

Brasil se mobiliza com ações em homenagem às vítimas de trânsito

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.