NOTÍCIAS

Chat Perkons discute comportamento dos motociclistas no trânsito

Participantes terão oportunidade de conhecer as várias perspectivas do tema. Incrições vão até dia 15.

Publicado em

A Perkons realiza mais uma edição do projeto que reúne especialistas e interessados para debater temas relativos à segurança e gestão do trânsito. Nesta quinta-feira (16), a partir das 10h, um chat de 45 minutos vai discutir o comportamento dos motociclistas nas ruas, assim como projetos de lei que tratam da segurança e mobilidade dos usuários.
Para o debate, foram convidados os especialistas do setor: Moacyr Alberto Paes, diretor executivo da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (ABRACICLO); Marcelo José Araújo, especialista em trânsito e presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Paraná (OAB-PR); e Aloisio Cesar Braz, presidente da Associação de Motociclistas do Rio de Janeiro (AMO-RJ).
Segundo Moacyr Alberto Paes, a educação para o trânsito deve começar cedo. “O mais importante é que exista paz no trânsito e isso se dá por meio de campanhas de conscientização; aliás, este é um assunto que deve partir da educação, ainda no Ensino Fundamental. Se conseguirmos formar a juventude com boas práticas no trânsito, vamos começar a melhorar essa questão”, defende.
Durante o chat, devem ser abordados, ainda, temas relevantes para o setor, entre os quais a fiscalização e o treinamento da atividade profissional dos motociclistas, bem como os resultados da resolução que regulamentou o motofrete e mototáxi.
Para Aloisio Cesar Braz, o projeto de lei que reconhece estes serviços, sancionado pelo presidente Lula, já existia na cidade do Rio de Janeiro desde 1997. “A carência de transporte coletivo em comunidades é realidade em todo o país. Legalizar o trabalho de mototaxistas era fundamental”, aponta.
Outras discussões devem esquentar o debate; entre elas, o espaço que cabe às motos no trânsito e a questão da legislação para motociclistas. Há quem defenda a proibição do tráfego de motociclistas entre automóveis. “O próprio Código de Trânsito reconhece o fato de que a motocicleta deve ocupar menos espaço na via quando estabelece a forma como ela deve ser estacionada. Mesmo assim, essa é uma questão controversa”, avalia Marcelo José Araújo.

PARTICIPE: As inscrições para a participação no chat Perkons são gratuitas e podem ser feitas até a próxima quarta-feira (15). Para isso, basta enviar um e-mail para comunicacao@perkons.com e solicitar a inscrição no chat. As instruções de acesso e a senha serão encaminhadas na data agendada.

Serviço:
Data: 16 de dezembro (quinta-feira)
Horário: 10h (horário de Brasília)
Duração: 45 min
Entrevistados: Dr. Aloisio Cesar Braz, Dr. Marcelo José Araújo e Moacyr Alberto Paes.
Site: www.perkons.com

COMPARTILHAR

Veja

também

Perkons é uma das melhores empresas para trabalhar

Cidades apostam na Muralha Digital para gestão de trânsito e repressão a crimes

Perkons apresenta primeiro carro 100% elétrico da frota para manutenção dos equipamentos de Curitiba

Perkons e Prefeitura de Curitiba iniciam teste de equipamento que promete identificar condutores barulhentos no trânsito

Juntos salvamos vidas é o tema da Semana Nacional de Trânsito

Lombada eletrônica completa 30 anos e já ajudou a salvar mais de 80 mil vidas

Homens continuam a ser mais imprudentes no trânsito

Perkons, uma das empresas mais inovadoras do país, completa 31 anos

Chuva e neblina podem comprometer a segurança no trânsito

Aumento nos combustíveis pode diminuir número de veículos circulando

Nacimos del ideal de un tránsito seguro y desde hace tres décadas nuestros valores y espíritu pionero nos han permitido operar en el mercado ITS, atendiendo demandas relacionadas con la seguridad vial, el control electrónico de tránsito, la movilidad urbana y la gestión de tránsito.

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.