NOTÍCIAS

1/3 das mortes de motoristas na Alemanha são de recém-habilitados

Peritos das seguradoras fizeram propostas para melhorar o processo de habilitação no país

Publicado em
1/3 das mortes de motoristas na Alemanha são de recém-habilitados

Uma matéria publicada nesta segunda-feira (19) pelo jornal Die Welt revelou que um terço dos motoristas que morrem em acidentes de trânsito na Alemanha são recém-habilitados. A constatação fez os peritos em acidentes viários das seguradoras listarem mudanças que podem mudar esta realidade.
Segundo a matéria, para os peritos, somente aumentar o número de aulas não bastaria e propõem uma formação de mais fases: após um período de um a três meses da obtenção da carteira o instrutor faz uma aula prática para feedback e análise;  na sequencia é feito um curso sobre segurança na direção com discussão em grupo supervisionada e, por fim, de seis a 12 meses depois, há uma nova aula prática para análise.
Medidas semelhantes a estas foram implantadas na Áustria, que comemorou a redução de 30% nos acidentes com vítima entre os jovens condutores. Na Alemanha, em 2010, 508 motoristas morreram na faixa etária de 18 a 24 anos – o equivalente a quase um terço de todos os condutores de automóveis mortos.
Além da formação com mais etapas, os peritos sugerem ainda que os instrutores sejam mais bem treinados, que as autoescolas sejam submetidas a um controle de qualidade e que fatores locais sejam reforçados, como a condução nos pontos críticos da redondeza.


Peritos sugerem que após a obtenção da carteira de habilitação na Alemanha haja etapas posteriores para checagem da condução. (crédito: welt online)

COMPARTILHAR

Veja

também

Chuva e neblina podem comprometer a segurança no trânsito

Aumento nos combustíveis pode diminuir número de veículos circulando

Crianças e adolescentes por um trânsito mais seguro

Maio Amarelo mostra como cada pessoa pode salvar vidas

Cresce o número de mulheres motoristas profissionais

Tecnologia facilitando a vida dos condutores

Sinalizar corretamente um acidente evita mais vítimas e infrações

Volta às aulas exige cuidados redobrados com o transporte escolar

Cruzamentos ainda são locais com grandes números de acidentes

CTB completa 24 anos com crescimento e envelhecimento da frota nacional

Nascemos do ideal por um transitar seguro e há três décadas nossos valores e pioneirismo nos permitem atuar no mercado de ITS atendendo demandas relativas à segurança viária, fiscalização eletrônica de trânsito, mobilidade urbana e gerenciamento de tráfego.

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.