NOTÍCIAS

Dia Mundial em Memória às Vítimas de Trânsito e os perigos do excesso de velocidade

O excesso de velocidade é um dos principais causadores de sinistros graves no país
Publicado em
News465-Dia Mundial em Memória às Vítimas de Trânsito e os perigos do excesso de velocidade-PRF_DMVT
Em alta velocidade, as lesões sofridas pelos ocupantes dos veículos e pelos pedestres envolvidos tendem a ser mais graves Crédito foto: PRF

O Dia Mundial em Memória às Vítimas de Trânsito, que sempre é lembrado no terceiro domingo de novembro, desempenha um papel importante na conscientização sobre os perigos do trânsito, além de prestar uma homenagem às vítimas. Essa data acaba oportunizando um destaque à importância de se tomar medidas de segurança viária e à necessidade de se adotar comportamentos responsáveis no trânsito. A sensibilização gerada pela data, que esse ano será dia 19, pode contribuir para salvar vidas e para a redução de sinistros, promovendo um ambiente viário mais seguro e responsável.

Velocidade em excesso mata

          O excesso de velocidade é um dos principais causadores de sinistros graves no país. Segundo o Registro Nacional de Infrações de Trânsito (Renainf), o excesso de velocidade é a principal causa de  mortes no trânsito. Um estudo  se aprofundou nesse comportamento e constatou que 43% dos excessos flagrados são gravíssimos (veículos a partir de 51% acima do limite permitido). Só a Polícia Rodoviária Federal (PRF), de janeiro a agosto de 2023, registrou quase 3 milhões e 500 mil infrações, sendo que 1.286.673 são por transitar em velocidade acima de 20% à máxima permitida e outras 248.288 por excesso de velocidade até 50% além do permito. O excesso de velocidade corresponde a 84% do total de multas aplicadas em todo o ano passado.

Segundo Luiz Gustavo Campos, diretor e especialista em trânsito da Perkons, “campanhas de conscientização sobre os perigos da velocidade excessiva são essenciais, bem como relembrar, em datas como essa, a memória daquelas pessoas que foram vítimas dos sinistros de trânsito. Todos precisamos entender que a velocidade insegura é uma das principais causas de mortes no trânsito e que o cumprimento dos limites de velocidade é uma responsabilidade compartilhada”, comenta.

Os perigos associados à velocidade excessiva

Conforme o Observatório de Segurança Viária (ONSV) quanto mais rápido um veículo está se deslocando, menor é o tempo de reação do motorista em situações de emergência. Isso aumenta o risco de colisões e sinistros, tornando as consequências potencialmente mais graves.

Em colisões de alta velocidade, as lesões sofridas pelos ocupantes dos veículos e pelos pedestres envolvidos tendem a ser mais graves. A força do impacto aumenta substancialmente com a velocidade, resultando em danos mais severos.

A velocidade excessiva diminui o tempo disponível para o motorista tomar decisões. Isso pode levar a erros críticos, como a incapacidade de evitar obstáculos ou reagir a sinais de trânsito. Ainda, os sistemas de segurança, como airbags e cintos de segurança, são menos eficazes em altas velocidades, pois a força do impacto é maior.

COMPARTILHAR

Veja

também

Lei da Cadeirinha completa 16 anos

Celebrando o aniversário do Código de Trânsito Brasileiro: 26 anos de avanços e transformações

Um alerta para o risco das ultrapassagens indevidas

“Lei Seca” completou 15 anos em 2023

Cinto de segurança: mais de 70 anos ajudando a salvar vidas

Inovações em segurança no trânsito ajudam a evitar sinistros

Dia Mundial em Memória às Vítimas de Trânsito e os perigos do excesso de velocidade

Melhorar sinalização e iluminação das estradas pode salvar vidas

Vias públicas com foco na segurança dos pedestres ajuda a salvar vidas

Semana Nacional de Trânsito reforça que cada escolha é decisiva para salvar vidas

Nacimos del ideal de un tránsito seguro y desde hace tres décadas nuestros valores y espíritu pionero nos han permitido operar en el mercado ITS, atendiendo demandas relacionadas con la seguridad vial, el control electrónico de tránsito, la movilidad urbana y la gestión de tránsito.