NOTÍCIAS

Vamos poupar vidas

por Cristina Baddini Lucas*

Publicado em

Você motorista sabe diferenciar os comportamentos seguros dos comportamentos de risco no trânsito? Alguns fatores contribuem muito para reduzir a sua concentração quando você dirige um veículo:

• Usar o telefone celular ao dirigir, mesmo que seja viva-voz;
• Assistir à televisão a bordo enquanto dirige;
• Ouvir aparelho de som em volume que não permita escutar os sons do seu próprio veículo, dos outros veículos ou dos passageiros;
• Transportar animais soltos e desacompanhados no interior do veículo;
• Transportar na cabine objetos que possam se deslocar durante o percurso.

É fato que não conseguimos manter nossa atenção continuamente durante todo o tempo que estamos dirigindo.  Constantemente somos levados a pensar em outras coisas, sejam elas importantes ou não. Force a sua concentração enquanto estiver dirigindo.  Acostume-se também a observar frequentemente:

• As informações no painel e os sinais luminosos;
• Os espelhos retrovisores;
• A movimentação de outros veículos em todas as direções;
• A movimentação dos pedestres, em especial quando você estiver próximo aos cruzamentos;
• A posição de suas mãos no volante.
• A movimentação dos ciclistas;
• A presença de motocicletas.

Para conduzir seu veículo com segurança, é necessário ter certeza de que você está vendo tudo que ocorre à sua volta e de que os outros condutores e pedestres também possam ver você. Certifique-se que os retrovisores internos e externos estejam em perfeitas condições e corretamente posicionados. Esteja sempre  atento a tudo e a todos.

Bicicletas
Nem todos imaginam a importância da bicicleta como um meio de transporte capaz de interagir eficientemente com todas as outras formas de mobilidade urbana. Além de proporcionar a melhoria do meio ambiente a bicicleta ajuda a promover a inclusão social. A mudança dos padrões de deslocamento dos habitantes através do uso de meios de transporte não motorizados é crucial para a construção de cidades com padrões de qualidade de vida mais elevados.
O ciclista tem direito de transitar como qualquer outro veículo. Porém, alguns motoristas parecem ignorar os ciclistas, dificultando a circulação das bicicletas e colocando-as em situações de risco de acidente.
Alguns cuidados devem ser mantidos no trânsito em relação aos ciclistas:

• Mantenha uma distância lateral mínima de 1,5 metro da bicicleta;
• Quando estiver estacionado ou parado procure observar antes de abrir as portas do veículo;
• Atenção especial à noite, pois muitos ciclistas descuidados não fazem uso dos dispositivos refletivos previstos em lei, dificultando a própria visualização;
• A bicicleta é um veículo silencioso. Ao fazer uma curva com seu veículo, principalmente à direita, assegure-se de que não há nenhuma bicicleta transitando ao seu lado.

Múltiplos usos da via
Algumas cidades brasileiras vêm planejando e implantando sistemas cicloviários integrados ao transporte coletivo como a cidade do Rio de Janeiro.
A segurança do ciclista pode ser garantida também por meio da moderação de tráfego, sinalização adequada, educação, além da implantação de ciclofaixas e rotas cicláveis e da construção de ciclovias.  A divisão e delimitação física de espaços, em locais de grande fluxo de veículos motorizados, aumentam a segurança tanto para os veículos automotores como para pedestres e ciclistas.
Na Dinamarca, por exemplo, após a implantação e o planejamento de ciclovias, o número de acidentes foi reduzido em 80%, de onde se constata que uma política de mobilidade adequada tende a reduzir de forma significativa o índice de acidentes fatais, e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida urbana. Vamos investir nesta idéia.

*Cristina Baddini Lucas
Consultora do Diário do Grande ABC, Diretora da ONG Rua Viva, Assessora do MDT
cristinabaddini@dgabc.com.br; blog: http://olhonotransito.blogspot.com

COMPARTILHAR
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print
VEJA TAMBÉM

CTB completa 24 anos com crescimento e envelhecimento da frota nacional

No verão cresce o número de acidentes envolvendo ciclistas

Fugir do local do acidente é crime, mesmo quando não há vítimas

Brasil se mobiliza com ações em homenagem às vítimas de trânsito

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.