NOTÍCIAS

Lei? Oras, para que lei?

NULL
Publicado em

    Fui a Campinas neste final de semana e utilizei a rodovia dos Bandeirantes (SP-348). O trecho entre as duas cidades é curto, tem cerca de 80 km, mas é o bastante para se perceber a hipocrisia da fiscalização rodoviária. Aliás, não só hipocrisia, mas ineficiência também. Rodovia de tráfego intenso, movimentada. Tanto no sábado à tarde quanto neste domingo, pela hora do almoço. E aí é o festival de barbeiragens e “esquecimentos”” da lei – tanto por parte dos motoristas quanto das autoridades.
&nbsp

COMPARTILHAR
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print
VEJA TAMBÉM

CTB completa 24 anos com crescimento e envelhecimento da frota nacional

No verão cresce o número de acidentes envolvendo ciclistas

Fugir do local do acidente é crime, mesmo quando não há vítimas

Brasil se mobiliza com ações em homenagem às vítimas de trânsito

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.