NOTÍCIAS

Eficácia de PMVs está na gestão e escolha das informações

Ferramenta requer planejamento e coesão nos comunicados transmitidos ao motorista

Publicado em
Eficácia de PMVs está na gestão e escolha das informações

A cada dia aumenta o número de veículos motorizados. Fatores como o aumento populacional, o crescimento da atividade econômica e políticas fiscais contribuem para esse quadro, o que torna necessário buscar recursos que venham a otimizar o tráfego. Uma alternativa que tem ganhado espaço e facilitado a vida dos motoristas são os Painéis de Mensagens Variáveis (PMVs), que podem ser fixados em determinados pontos das ruas e rodovias ou presos a um veículo.

O equipamento, ainda pouco utilizado no Brasil, é indicado para vias expressas e arteriais dos grandes centros urbanos e rodovias com fluxo intenso de veículos e pode trazer mensagens ao usuário da via sobre as condições de tráfego.

“É uma importante ferramenta de comunicação com os condutores, que cada vez mais querem e precisam estar informados sobre as condições do trânsito e bloqueios na pista, causados por acidentes ou obras. Eles dependem da informação para realizar seu trajeto com mais segurança, estimar o tempo em deslocamento e avaliar caminhos alternativos quando possível”, explica o engenheiro especialista em trânsito da Perkons, Luiz Gustavo Campos.

A expectativa é que o Brasil passe a utilizar os PMVs com mais frequência nos próximos anos, a exemplo da Espanha que já elaborou um manual para as mensagens divulgadas nos painéis. Atualmente os PMVs brasileiros estão em cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Recife,  e Curitiba, entre outras.

Segundo Campos, para que os PMVs tenham mais eficácia no Brasil é preciso investir em dispositivos e sistemas de coleta e análise dos dados de tráfego, que são essenciais para alimentar os painéis com mensagens úteis aos condutores. “Soluções empregadas em Centros de Controle de Operações (CCO) que integram imagens do trânsito e informações de fluxo, de velocidade e de origem-destino dos veículos são uma tendência e permitem uma gestão da mobilidade mais inteligente e eficaz. O PMV integra essas soluções na nossa empresa, e também no ViaPK, que é um veículo para fiscalização de trânsito itinerante”, sugere.

 

No portal Infotráfego é possível acompanhar em tempo real as mensagens que estão em alguns dos painéis da capital mineira, as imagens de câmeras de monitoramento e a fluidez do trânsito.

Painéis fixos e estáticos

Belo Horizonte foi uma das primeiras capitais do Brasil a utilizar efetivamente os PMVs, que começaram a ser instalados há dez anos. De acordo com a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte – BHTrans, atualmente a cidade conta com 17 painéis em funcionamento, implantados na área central e nos corredores de maior fluxo de veículos, que trazem aos motoristas mensagens operacionais com relação a interdições, acidentes e obras, entre outras, além de avisos sobre a situação do trânsito e comunicados educativos.

Para a gerente da Central de Operação de Tráfego da BHTrans, Gabriela Pereira, a utilização dos PMVs exige planejamento e procedimentos específicos, pois é importante saber o momento de colocar a mensagem, o seu conteúdo e a forma como o comunicado é escrito. “A informação deve ser coesa e resumida, pois o tempo para a leitura no trânsito é muito curto, mas ela deve ter o maior número de informações possível – de preferência o local, qual o problema e o motivo e algum conselho para o motorista”, destaca.

A CCR RodoNorte, do Paraná, utiliza os PMVs fixos desde 2008 e, em 2010, adquiriu também os estáticos, que são utilizados especialmente em locais de obras e outros eventos que causam interferência no tráfego. Atualmente, a empresa possui instalados quatro painéis, sendo dois na BR 277 – Km 138 Sul em São Luiz do Purunã e Km 103 Norte em Campo Largo – e dois na BR 376 – Km 502 Sul e 489 Norte em Ponta Grossa. “Estudos da concessionária apontaram que estes pontos possuíam uma necessidade de comunicação que poderia ser suprida através dos PMVs. Há ainda dois equipamentos que são deslocados conforme a necessidade”, afirma o gestor de Atendimento da CCR RodoNorte, Élvio Torres.

Para o gestor, os painéis estreitam a relação da concessionária com os usuários das rodovias ao oferecer conteúdo que gera conforto, ajuda o motorista a tomar decisões importantes e, eventualmente, pode reduzir a necessidade de ligações para o 0800. “Para fazer um melhor aproveitamento do recurso há uma interação permanente entre as áreas operacional, de Interação com o Cliente, Atendimento, Comunicação, Tecnologia da Informação e Relações Institucionais. Os painéis são controlados através do Centro de Controle Operacional, em Ponta Grossa, que permite atualizar as mensagens em tempo real”, completa. Entre os recados estão avisos sobre ocorrências, contatos da concessionária, orientações sobre como dirigir sob neblina, respeito ao ciclista, contra o abuso de velocidade e serviço de atendimento médico.

CUIDADOS ESPECIAIS

O engenheiro de trânsito e especialista em sistemas de controle de tráfego da Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo, Sun Hsien Ming, explica que para que haja um resultado efetivo o sistema deve ter credibilidade junto aos usuários. Caso contrário, os motoristas não reagirão às informações mostradas pelos painéis e os resultados não serão alcançados. “A coleta de dados de tráfego deverá ser confiável e contínua, pressupondo uma manutenção adequada e permanente de todo o sistema”, afirma.

Ming completa que na falta de informação, o motorista, ao se deparar com situações inesperadas, pode ficar momentaneamente desorientado e sem saber como reagir. “Dependendo das circunstâncias, essa desorientação momentânea, na velocidade do tráfego de uma via expressa, pode ser um fator decisivo para a ocorrência de um acidente”, alerta o especialista.

COMPARTILHAR
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print
VEJA TAMBÉM

CTB completa 24 anos com crescimento e envelhecimento da frota nacional

No verão cresce o número de acidentes envolvendo ciclistas

Fugir do local do acidente é crime, mesmo quando não há vítimas

Brasil se mobiliza com ações em homenagem às vítimas de trânsito

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.