NOTÍCIAS

Brasil exporta mais duas lombadas eletrônicas para a Colômbia

A segunda maior cidade da Colômbia, Barranquilla, aposta na fiscalização para diminuir os acidentes de trânsito. E já colhe bons resultados.

Publicado em

Mais duas lombadas eletrônicas começaram a operar em Barranquilla, na Colômbia. Os novos aparelhos começaram a operar no último dia 1º de setembro, após um período educativo.  As duas novas vias que receberam os equipamentos passam por zonas residenciais e comerciais, com escolas e hotéis. “Algo inovador realizado pelo município é que durante o período educativo as infrações não foram simplesmente ignoradas. O condutor recebeu em sua casa um aviso e teve a opção de pagar a multa ou então assistir a uma palestra educativa”, diz o diretor de negócios internacionais da Perkons, José Mario de Andrade.

A cidade possui ainda nove DeTects, outras duas lombadas eletrônicas e quatro ViaPKs, que, somados, já fiscalizaram mais de 460 mil veículos. De janeiro a julho, as infrações registradas nos equipamentos eletrônicos caíram 31,7%. A maior mudança foi observada no avanço semafórico: queda de 56% no número de infrações no primeiro semestre de 2011 e, desde que foram instalados há mais de um ano, a queda já soma 85%.

Andrade afirma que o trânsito em Barranquilla é, de forma geral, bastante parecido com o brasileiro, pois a frota é nova e o hábito de trafegar em velocidades altas arraigado. “E eles são favorecidos com o bom estado da maioria das ruas. Quando a rua esta em mal estado, a situação é bem crítica, porque devido às altas temperaturas do clima local só se usa concreto, pois o asfalto derreteria”, comenta. “A grande diferença acontece em dias de chuva, que são muitos e de chuva muito forte, pois as ruas se transformam em rios, chamados por eles de arroyos, onde os veículos, mesmo estacionados, correm o risco de serem levados pela correnteza que se forma em cada rua, transformando o trânsito em um verdadeiro caos”.

 

Estudo técnico

O levantamento realizado para a definição da necessidade da lombada eletrônica, sua velocidade máxima e ponto de instalação constatou que na avenida 51B circulam 862 veículos no horário de pico, sendo 81% automóveis, 13% motos, 3% ônibus e 3% caminhões. Já na avenida 53 o tráfego é 50% maior, com circulação de 86% de automóveis, 9% motos, 3% ônibus e 2% de caminhões.

O secretário de mobilidade, Jaime Pumarejo, explica que estas vias “são constantemente perigosas, já que os veículos passam em alta velocidade. Estas novas lombadas eletrônicas tem o principal objetivo de educar e modificar o comportamento dos condutores. Então chamo os condutores e pedestres a serem responsáveis com eles mesmos e com os outros, respeitando as normas de trânsito”.

 

Experiência brasileira

A Perkons, especializada em soluções para gestão e segurança de trânsito, teve o cuidado de implantar o sistema aproveitando todo o aprendizado brasileiro, adquirido ao longo de seus vinte anos de atuação. “Nossa expertise garante um projeto que prioriza os locais críticos com um grande respeito ao usuário através da aplicação de uma perfeita sinalização indicativa e trabalho forte na orientação dos condutores e pedestres, o que nos garante hoje uma total aceitação pela opinião pública”, diz Andrade.

As diferenças de legislação trazem novos desafios e aprendizados. “Estamos aprendendo com os serviços adicionais que prestamos lá, em especial o de atendimento direto ao público, atividade permitida pela legislação local e proibida no Brasil. Estar mais perto das reclamações do usuário nos permite conhecer melhor suas necessidades e melhorar nosso serviço naquilo que mais atende aos usuários do trânsito”, finaliza Andrade.

 

 

Saiba mais

Confira o vídeo da Secretaria de Movilidad de Barranquilla que explica o projeto de fiscalização eletrônica da cidade de Barranquilla.

Veja aqui um vídeo do jornal El Heraldo mostrando os novos equipamentos instalados.

 

COMPARTILHAR

Veja

também

Chuva e neblina podem comprometer a segurança no trânsito

Aumento nos combustíveis pode diminuir número de veículos circulando

Crianças e adolescentes por um trânsito mais seguro

Maio Amarelo mostra como cada pessoa pode salvar vidas

Cresce o número de mulheres motoristas profissionais

Tecnologia facilitando a vida dos condutores

Sinalizar corretamente um acidente evita mais vítimas e infrações

Volta às aulas exige cuidados redobrados com o transporte escolar

Cruzamentos ainda são locais com grandes números de acidentes

CTB completa 24 anos com crescimento e envelhecimento da frota nacional

Nascemos do ideal por um transitar seguro e há três décadas nossos valores e pioneirismo nos permitem atuar no mercado de ITS atendendo demandas relativas à segurança viária, fiscalização eletrônica de trânsito, mobilidade urbana e gerenciamento de tráfego.

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.