NOTÍCIAS

Aulas novamente

por Cristina Baddini Lucas*

Publicado em

As aulas recomeçaram e a maneira mais saudável das crianças se deslocarem até escola é através da caminhada. Mas, para que as crianças fiquem confiantes, os pais devem acompanhá-las quando ainda são pequenas. Faça brincadeiras e torne o percurso divertido. Faça desta oportunidade uma maneira dele conhecer o bairro e observar o mundo a sua volta. Invente jogos com a placa dos carros e localize plantas e árvores com a criança.
Depois de ir para a escola com você por algum tempo, elas estarão preparadas para cuidar de si próprias, mas certifique-se que também assimilem algumas dicas:
. Conhecer o caminho e não se desviar dele;
. Saber como atravessar a rua com segurança;
. Permanecer junto com os amigos mesmo se brigarem;
. Dizer não para estranhos;
. Conhecer lugares seguros durante o percurso, como lojas, lanchonetes e delegacia;
. Ficar visível – usar cores claras, cintos, adesivos ou bolsas reflexíveis.

BICICLETA
As crianças precisam se mexer. Ir para a escola de bicicleta é uma excelente maneira de inserir o hábito do exercício na vida diária das crianças. Na Dinamarca 60% das crianças vão para a escola de bicicleta. Com um pouco de treinamento e um capacete, qualquer risco que possa advir do uso da bicicleta é contrabalançado pelos benefícios de se manter saudável, ativo e independente. Os pais podem presenteá-los com uma bicicleta e depois ir ajudando-os a dominar as técnicas básicas necessárias. As escolas podem contribuir dando treinamento e oferecendo lugares seguros para que as crianças deixem suas bicicletas. Os pais devem verificar as condições de segurança no trajeto em meio ao trânsito de casa para a escola.

TRANSPORTE ESCOLAR
Na hora de contratar o transporte escolar, dedique um pouco mais de tempo para escolher bem o prestador de serviço e garantir a segurança dos seus filhos. Os veículos autorizados a transportar alunos são: ônibus, vans, VW Kombi. Motocicletas, carros de passeio e caminhões não são recomendados para transportar alunos.
Ao contratar um prestador de serviços, verifique as condições do veículo e a documentação pessoal do motorista. Peça referências na escola e com outros pais. Verifique a higiene do veículo e todas as crianças transportadas devem usar os cintos de segurança E ninguém deve ser transportado em pé. O veículo não pode ter lotação maior que a permitida em Lei. Também é aconselhável obter o endereço e telefone do motorista.
Procure se informar se o serviço será cobrado durante os meses de férias (pode-se negociar algum abatimento, por exemplo) e se o serviço poderá ser prestado fora dos meses normais (em caso de recuperação do aluno). Ao firmar o contrato de prestação do serviço, é aconselhável fazer constar tudo o que for combinado entre as partes, principalmente a identificação e o telefone, bem como as condições gerais do contrato como: período de vigência; horário e endereços de saída e chegada; valor da mensalidade; data e forma de pagamento; índice e condições de reajuste; percentual de multa e encargos por atraso no pagamento além das condições para eventual rescisão antecipada.
Em caso de cancelamento do contrato, é recomendável que o pedido seja feito por escrito. É igualmente justo que, em caso de falta à aula, não haja desconto no preço, uma vez que o transporte está previamente contratado e à disposição do aluno.
Procure conversar com os seus filhos estimulando-os a conversar e relatar tudo aquilo que acontece durante as viagens. Com algumas medidas preventivas, a volta às aulas será boa e mais segura.

*Cristina Baddini Lucas
Assessora do MDT, colunista do Diario do Grande ABC (Coluna De Olho no Trânsito)

COMPARTILHAR

Veja

também

Chuva e neblina podem comprometer a segurança no trânsito

Aumento nos combustíveis pode diminuir número de veículos circulando

Crianças e adolescentes por um trânsito mais seguro

Maio Amarelo mostra como cada pessoa pode salvar vidas

Cresce o número de mulheres motoristas profissionais

Tecnologia facilitando a vida dos condutores

Sinalizar corretamente um acidente evita mais vítimas e infrações

Volta às aulas exige cuidados redobrados com o transporte escolar

Cruzamentos ainda são locais com grandes números de acidentes

CTB completa 24 anos com crescimento e envelhecimento da frota nacional

Nascemos do ideal por um transitar seguro e há três décadas nossos valores e pioneirismo nos permitem atuar no mercado de ITS atendendo demandas relativas à segurança viária, fiscalização eletrônica de trânsito, mobilidade urbana e gerenciamento de tráfego.

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.