NOTÍCIAS

Aulas novamente

por Cristina Baddini Lucas*

Publicado em

As aulas recomeçaram e a maneira mais saudável das crianças se deslocarem até escola é através da caminhada. Mas, para que as crianças fiquem confiantes, os pais devem acompanhá-las quando ainda são pequenas. Faça brincadeiras e torne o percurso divertido. Faça desta oportunidade uma maneira dele conhecer o bairro e observar o mundo a sua volta. Invente jogos com a placa dos carros e localize plantas e árvores com a criança.
Depois de ir para a escola com você por algum tempo, elas estarão preparadas para cuidar de si próprias, mas certifique-se que também assimilem algumas dicas:
. Conhecer o caminho e não se desviar dele;
. Saber como atravessar a rua com segurança;
. Permanecer junto com os amigos mesmo se brigarem;
. Dizer não para estranhos;
. Conhecer lugares seguros durante o percurso, como lojas, lanchonetes e delegacia;
. Ficar visível – usar cores claras, cintos, adesivos ou bolsas reflexíveis.

BICICLETA
As crianças precisam se mexer. Ir para a escola de bicicleta é uma excelente maneira de inserir o hábito do exercício na vida diária das crianças. Na Dinamarca 60% das crianças vão para a escola de bicicleta. Com um pouco de treinamento e um capacete, qualquer risco que possa advir do uso da bicicleta é contrabalançado pelos benefícios de se manter saudável, ativo e independente. Os pais podem presenteá-los com uma bicicleta e depois ir ajudando-os a dominar as técnicas básicas necessárias. As escolas podem contribuir dando treinamento e oferecendo lugares seguros para que as crianças deixem suas bicicletas. Os pais devem verificar as condições de segurança no trajeto em meio ao trânsito de casa para a escola.

TRANSPORTE ESCOLAR
Na hora de contratar o transporte escolar, dedique um pouco mais de tempo para escolher bem o prestador de serviço e garantir a segurança dos seus filhos. Os veículos autorizados a transportar alunos são: ônibus, vans, VW Kombi. Motocicletas, carros de passeio e caminhões não são recomendados para transportar alunos.
Ao contratar um prestador de serviços, verifique as condições do veículo e a documentação pessoal do motorista. Peça referências na escola e com outros pais. Verifique a higiene do veículo e todas as crianças transportadas devem usar os cintos de segurança E ninguém deve ser transportado em pé. O veículo não pode ter lotação maior que a permitida em Lei. Também é aconselhável obter o endereço e telefone do motorista.
Procure se informar se o serviço será cobrado durante os meses de férias (pode-se negociar algum abatimento, por exemplo) e se o serviço poderá ser prestado fora dos meses normais (em caso de recuperação do aluno). Ao firmar o contrato de prestação do serviço, é aconselhável fazer constar tudo o que for combinado entre as partes, principalmente a identificação e o telefone, bem como as condições gerais do contrato como: período de vigência; horário e endereços de saída e chegada; valor da mensalidade; data e forma de pagamento; índice e condições de reajuste; percentual de multa e encargos por atraso no pagamento além das condições para eventual rescisão antecipada.
Em caso de cancelamento do contrato, é recomendável que o pedido seja feito por escrito. É igualmente justo que, em caso de falta à aula, não haja desconto no preço, uma vez que o transporte está previamente contratado e à disposição do aluno.
Procure conversar com os seus filhos estimulando-os a conversar e relatar tudo aquilo que acontece durante as viagens. Com algumas medidas preventivas, a volta às aulas será boa e mais segura.

*Cristina Baddini Lucas
Assessora do MDT, colunista do Diario do Grande ABC (Coluna De Olho no Trânsito)

COMPARTILHAR
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print
VEJA TAMBÉM

CTB completa 24 anos com crescimento e envelhecimento da frota nacional

No verão cresce o número de acidentes envolvendo ciclistas

Fugir do local do acidente é crime, mesmo quando não há vítimas

Brasil se mobiliza com ações em homenagem às vítimas de trânsito

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.