NOTÍCIAS

Aniversário do Código de Trânsito Brasileiro: comemorar ou não?

NULL
Publicado em

    No próximo dia 21 de janeiro de 2010, o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97) completará 12 anos de vigência. Considerado como sendo um forte apelo à cultura de paz no trânsito, trouxe em seu texto, dentre várias mudanças, punições mais severas aos infratores, uma maior atenção aos pedestres (tratando sobre seus direitos e deveres em capítulo único), prioridade para as campanhas educativas, exigência e rigor na fiscalização do uso de cinto de segurança, bem como um maior interesse de estudo e divulgação sobre a matéria por toda a sociedade.
    Muitos estudiosos chegaram a qualificá-lo como sendo “um dos melhores Códigos de Trânsito do mundo””, pois, no início de sua vigência, fora verificada uma redução significativa no número de acidentes de trânsito em todo o país. Contudo, as comemorações correm o risco de serem deixadas de lado, visto que ele não atingiu completamente seus principais objetivos. Passados alguns anos, constatou-se um grande avanço no número de ocorrências e, de forma gradativa, a situação atual é bastante preocupante.
&nbsp

COMPARTILHAR

Veja

também

Inovações em segurança no trânsito ajudam a evitar sinistros

Dia Mundial em Memória às Vítimas de Trânsito e os perigos do excesso de velocidade

Melhorar sinalização e iluminação das estradas pode salvar vidas

Vias públicas com foco na segurança dos pedestres ajuda a salvar vidas

Semana Nacional de Trânsito reforça que cada escolha é decisiva para salvar vidas

Com o aumento do uso das bikes no país, saber compartilhar as ruas salva vidas

Pioneira, lombada eletrônica ajudou a salvar mais de 85 mil vidas no trânsito

Está em vigor nova regulamentação sobre exame toxicológico para motoristas profissionais

Perkons recebe visita de Câmaras Temáticas do CONTRAN

Perkons completa 32 anos e celebra mais de 85 mil vidas salvas

Nascemos do ideal por um transitar seguro e há três décadas nossos valores e pioneirismo nos permitem atuar no mercado de ITS atendendo demandas relativas à segurança viária, fiscalização eletrônica de trânsito, mobilidade urbana e gerenciamento de tráfego.