Lombada Educativa: mede a velocidade, mas não registra infração

18/03/2015

O produto desenvolvido pela Perkons tem como diferencial a homologação pelo Inmetro

por Mariana Simino

Estudos demonstram que o tráfego em velocidades mais baixas reduz a gravidade das lesões e a incidência de acidentes envolvendo pedestres e automóveis. Uma pequena redução na velocidade tem um grande efeito na sobrevivência dos envolvidos. Para informar ao condutor a sua velocidade e, assim, torná-lo mais consciente acerca da maneira como está trafegando, a Perkons desenvolveu a Lombada Educativa. O equipamento tem por objetivo induzir o tráfego em velocidades seguras em determinados pontos da via, mas não registra infrações. O produto desenvolvido pela Perkons tem como diferencial a homologação pelo Inmetro.

Perkons S.A
O equipamento mede e informa a velocidade sem registrar infrações

O gerente de Desenvolvimento da Perkons, Adriel Bilharva da Silva, explica que a tecnologia pode ser utilizada nas ruas, com o intuito de disciplinar o tráfego, em áreas próximas a escolas, em pedágios de rodovias, ou, ainda, em áreas particulares (pátios de empresas, estacionamentos, condomínios, dentro de universidades, clubes e terminais de aeroportos), com a finalidade de medir e informar ao condutor a velocidade em que ele trafega. “A alta velocidade é um fator que aumenta a gravidade dos acidentes. Portanto, reduzi-la é um ganho para a vida. A probabilidade de sobrevivência em atropelamentos, por exemplo, varia conforme a velocidade do veículo. Segundo o grupo Peds, a 32 km/h, 5% morrem, 65% sofrem lesões e 30% sobrevivem ilesos; a 48 Km/h a probabilidade de morte é 45%, as lesões graves acontecem em 50% dos casos e 5% sobrevivem ilesos; já a 64 km/h a possibilidade de morte chega a 85%, os que sofrem lesões são cerca de 15% e ninguém sobrevive ileso”, destaca o gerente.

Na cidade de Exeter, New Hampshire, nos Estados Unidos, o Departamento de Polícia buscou a medida para incentivar os condutores a terem condutas mais responsáveis nas vias dos bairros. O equipamento foi instalado para ser colocado em áreas que têm relatado excesso de velocidade.  Em Changi, Singapura, o equipamento também é utilizado para melhorar a segurança das estradas em áreas propensas a acidentes e 72% dos motoristas entrevistados em uma pesquisa do órgão de trânsito de Singapura (Land Transport Authority)  acreditam que a tecnologia é eficaz para ajudá-los a ajustar a sua velocidade de condução dentro dos limites adequados para aquela via.

Funcionamento

A identificação da velocidade dos veículos monitorados pela Lombada Educativa ocorre através de detecção, por dois sensores do tipo laço indutivo, instalados na pista. Quando os laços são acionados pela presença do veículo, um microprocessador recebe os sinais elétricos e calcula a sua velocidade com precisão e a indica no display. Um conjunto de sinais luminosos informa aos motoristas e pedestres a velocidade de tráfego do veículo.

A empresa criou diferentes modelos do equipamento para serem utilizados de acordo com as necessidades de cada cliente. Entre as principais características do equipamento estão o monitoramento de uma ou mais  faixas de trânsito.

Compartilhe: